blogspot visitor counter
Biblioteca Municipal de Grândola
Biblioteca Municipal de Grândola
Rua Dr. José Pereira Barradas 7570-281 Grândola tlf:269450080 fax:269498666 biblioteca@cm-grandola.pt
quarta-feira, 11 de janeiro de 2017
Os três ursos
Era uma vez três ursos que viviam numa cabana no meio do bosque.
Levantavam-se cedo todos os dias e tomavam um bom pequeno-almoço (porque os ursos gostam de crescer robustos e fortes).
Uma manhã, o Urso Grande, preparou uma deliciosa papa com mel e deitou-a em três tijelas:
Uma tijela grande para o Urso Grande, uma tijela média para a Ursa Média e uma tijela pequena para o Urso Pequeno.
Mas a papa estava muito quente e foram dar um passeio antes de comerem (porque os ursos não gostam nada de queimar a língua). Pouco depois chegou à cabana uma menina. Chamava-se Caracolinhos de Ouro e era muito traquina. Naquela manhã não tinha comido nada ainda. A menina espreitou pela janela e, ao ver as papas na mesa, ficou cheia de fome.
A porta estava aberta (porque os ursos nunca a fecham quando saem a passear) e Caracolinhos de Ouro nem pensou duas vezes antes de entrar.
Primeiro provou a papa da tijela grande, mas estava muito quente.
Depois provou a papa da tijela média, mas estava muito fria.
Por último provou a papa da tijela pequena e, lambendo-se disse:
- Mmm…! Nem muito quente nem muito fria: exatamente como eu gosto! E comeu-a toda.
Com a barriga cheia, Caracolinhos de Ouro decidiu ficar ali um pouco a descansar. Num recanto viu três cadeiras. Primeiro sentou-se na cadeira grande, mas era muito alta. Depois sentou-se na cadeira média, mas era ainda muito alta. Por último sentou-se na cadeira pequena, e sentiu-se confortável:
-Nem muito alta nem muito baixa: exatamente como eu gosto!
Tanto gostou da cadeira que se balançou para cá e para lá, e… Plás!, acabou no chão.
Caracolinhos de Ouro, meio atordoada por causa do tombo, sentiu que precisava de se deitar um pouco. Quando viu as escadas pensou: Talvez possa descansar lá em cima! E, pim-pim-pim, subiu aos saltinhos.
Ali encontrou o quarto dos ursos, onde havia três camas (porque os ursos preferem dormir em camas separadas).
Primeiro deitou-se na cama grande, mas era muito dura. Depois deitou-se na cama média, mas era muito mole. Por último deitou-se na cama pequena.
- Que bom! – suspirou-. Nem muito dura nem muito mole: exatamente como eu gosto! E num segundo adormeceu.
Ao fim de um tempo, os três ursos voltaram. Quando se aproximaram da mesa, perceberam que alguma coisa tinha acontecido (porque, quando algo de estranho se passa, os ursos farejam-no logo.)
-Alguém provou a papa da minha tijela grande – disse o Urso Grande.
- Alguém provou a papa da minha tijela média – disse a Ursa Média.
- E alguém provou a papa da minha tijela pequena…e não deixou nem uma gota! – Choramingou o urso pequeno.
Os três ursos foram à cozinha. Espreitaram debaixo da mesa, atrás da cortina, dentro do forno…,mas não encontraram ninguém! Como não sabiam mais o que fazer, decidiram sentar-se nas cadeiras a pensar (porque, quando têm que pensar em algo importante os ursos gostam de estar confortáveis).
-Alguém se sentou na minha cadeira grande – protestou o Urso Grande.
- Alguém se sentou na minha cadeira média – protestou a Ursa Média.
E alguém se sentou na minha cadeira pequena…e a despedaçou! – choramingou o urso pequeno.
Os três ursos estavam certos de que alguém tinha entrado na cabana, e decidiram verificar tudo (porque os ursos não gostam nada que usem as suas coisas sem licença). Subiram as escadas, pom-pom-pom…
O Urso Grande ia à frente;
No meio, a Ursa Média;
E o Urso Pequeno ia atrás.
Quando chegaram ao quarto, viram uma almofada no chão…
- Alguém se deitou na minha cama grande – rosnou o Urso Grande.
-Alguém se deitou na minha cama média- rosnou a Ursa Média.
- E alguém se deitou na minha cama pequena e…ainda não se levantou! – choramingou o Urso Pequeno, assustado, ao ver um vulto debaixo do cobertor.
Era Caracolinhos de Ouro que dormia tranquilamente.
Então, os três ursos puseram-se aos pés da cama e, muito zangados, soltaram um rugido enorme:
GRRRRRR…!
(porque os ursos, quando se zangam, rugem assustadoramente).
A menina teve tanto medo que ficou com os caracóis em pé.
Como a janela estava aberta (porque os ursos abrem as janelas de manhã para arejar acabana), deu um salto lá de cima e escapou como uma seta, pensando que a perseguiam três ursos muito ferozes.

Desde então, Caracolinhos de Ouro nunca mais entrou numa cabana do bosque sem ser convidada.

Marisa Núnez in "Os três ursos"

Etiquetas: