blogspot visitor counter
Biblioteca Municipal de Grândola
Biblioteca Municipal de Grândola
Rua Dr. José Pereira Barradas 7570-281 Grândola tlf:269450080 fax:269498666 biblioteca@cm-grandola.pt
segunda-feira, 30 de junho de 2008
Novidades Livros




SHTEYNGART, Gary
Um Russo na América
82 LE-3 SHT

KEATING, Barbara & Stephanie
Irmãs de Sangue
82 LE-3 KTN

BASTOS, Baptista
A cara da gente
82 Lp-3 BST

FERGUSON, Will
A Educação de um Vigarista
82 LE-3 FRG

ZUSAK, Markus
A Rapariga que roubava livros
82 LE-3 ZSK

SANTOS, Margarida Fonseca
Começar de novo
82 LP-3 SNT

NETO, Joel
O Citroën que escrevia novelas Mexicanas
82 LP-3 NTO


AMARAL, Isabel Ricardo

Fernão Dias e o mistério das pedras negras

82 LP-311.3 MRL (Juv)




SUKACH, Jim
Puzzles Policiais
82 LE-312.4 SKC (Inf)

LEONARDO, Ana Cristina
Joaninha, a menina que não queria ser gente
82 L-34 LNR (Inf)

Etiquetas:

sexta-feira, 27 de junho de 2008
Bom Fim-de-Semana

Os Funcionários da Biblioteca Municipal de Grândola desejam um bom Fim-de-Semana a todos os Utilizadores
Poema da Semana
Aqui na orla da praia…

Aqui na orla da praia, mudo e contente do mar,
Sem nada já que me atraia, nem nada que desejar,
Farei um sonho, terei meu dia, fecharei a vida,
E nunca terei agonia, pois dormirei de seguida.

A vida é como uma sombra que passa por sobre um rio
Ou como um passo na alfombra de um quarto que jaz vazio;
O amor é um sono que chega para o pouco ser que se é;
A glória concede e nega; não tem verdades a fé.

Por isso na orla morena da praia calada e só,
Tenho a alma feita pequena, livre de mágoa e de dó;
Sonho sem quase já ser, perco sem nunca ter tido,
E comecei a morrer muito antes de ter vivido.

Dêem-me, onde aqui jazo, só uma brisa que passe,
Não quero nada do acaso, senão a brisa na face;
Dêem-me um vago amor de quanto nunca terei,
Não quero gozo nem dor, não quero vida nem lei.

Só, no silêncio cercado pelo som brusco do mar,
Quero dormir sossegado, sem nada que desejar,
Quero dormir na distância de um ser que nunca foi seu,
Tocado do ar sem fragrância da brisa de qualquer céu.

Fernando Pessoa

Etiquetas:

quinta-feira, 26 de junho de 2008
Livro da Semana



A Loja dos Suicídios de Jean Teulé

A Loja dos Suicídios é uma comédia negra, com um estilo digno de um filme de Tim Burton.
Imagine uma loja, onde nunca entra um raio de sol, que vende todos os ingredientes possíveis e imaginários, para que qualquer pessoa possa cometer o suicídio.
Desde facas a cordas, passando por bombons envenenados, pistolas, venenos e toda uma variedade de produtos mortíferos.
Para além de venderem tais produtos, também dão conselhos aos seus clientes, sobre qual o método mais adquado a cada tipo de pessoa.
O romance retrata a vida atípica do Clã Tuvache, que gere um negócio, no mínimo, macabro, há
várias gerações.
O Clã Tuvache é formado pelos pais, comerciantes sérios, o filho primogénito que é um depressivo com tendências artísticas, a filha, adolescente inadaptada, e, finalmente, o filho mais
novo, o único que se atreve a sorrir e a ser feliz.
A criação de A Loja dos Suicídios foi inspirada numa revista homónima, publicada por um grupo de poetas Franceses do século XIX.

Este livro encontra-se disponível na Biblioteca Municipal com a cota

82 LE-3
TLE












Etiquetas:

quarta-feira, 25 de junho de 2008
Ilustre Desconhecido: Os heterónimos de Fernando Pessoa


Desde cedo que Fernando Pessoa inventou os seus "companheiros".

Ainda na África do Sul, imagina os heterónimos Charles Robert Anon e H. M. F. Lecher. Cria, também, o especialista em palavras cruzadas Alexander Search e outras figuras de menor importância.

Mas seria a partir de 1914 que os seus heterónimos começariam a surgir. Os mais importantes seriam, sem dúvida, Alberto Caeiro, Álvaro de Campos e Ricardo Reis.

Já Bernardo Soares, um semi-heterónimo segundo o próprio Fernando Pessoa, só em 1982 teve a sua obra publicada ( O Livro do Desassossego ).

Álvaro de Campos e Ricardo Reis, tal como Fernando Pessoa, consideravam-se Discípulos de Alberto Caeiro. Mas cada um seguiu os ensinamentos do Mestre à sua maneira, chegando até a haver uma interessante controvérsia sobre o modo de fazer a Poesia.

Mais do que meros pseudónimos, os outros nomes com que Pessoa assina a sua obra, os heterónimos, são personagens completas, com biografias próprias, estilos literários distintos, e que produzem uma obra paralela à do seu criador.

Os estudiosos continuam a discutir porque terá Pessoa criado os seus heterónimos:

- Seria Esquizofrenia ? Psicografia ? Uma grande piada ? Um jogo fabuloso de marketing ?

Realmente, como todos sabemos, a genealidade de Fernando Pessoa é grande demais para caber num só Poeta.

Tal como o resumiu o seu mais atormentado heterónimo, Álvaro de Campos:

"Quanto mais eu sinta, quanto mais eu sinta como várias pessoas,

Quanto mais personalidades eu tiver,

Quanto mais intensamente, estridentemente as tiver,

Quanto mais simultaneamente sentir com todas elas,

Quanto mais unificadamente diverso, dispersadamente atento,

Estiver, sentir, viver, for,

Mais possuirei a existência total do universo,

Mais completo serei pelo espaço inteiro fora."

Etiquetas:

terça-feira, 24 de junho de 2008
Apresentação do Livro "O Pequeno Incendiário" de E. S. Tagino


A Câmara Municipal de Grândola e o Autor convidam-vos a participar na sessão de apresentação do livro O Pequeno Incendiário de E. S. Tagino (pseudónimo literário de António José da Costa Neves), a realizar no dia 28 de Junho de 2008, na Biblioteca Municipal de Grândola, a partir das 21H30.
Apresentação a cargo de Honorato de Sousa Nunes
Colaboração musical de Francisco Naia



Etiquetas:

segunda-feira, 23 de junho de 2008
Novidades Livros



CABRITA, Felícia
Massacres em África
94(6) CBR

TUSSET, Pablo
Em nome do Porco
82 LE-3 TSS

ELIADE, Mircea
Diário Português
82 LE-3 LDE

IGNATIUS, David
Corpo de Mentiras
82 LE-3 GNT

NEYRAT, Cyril
François Truffaut
791.43 NYR

PAPAZIAN, André
100 comboios de sempre
629 PPZ





BLOOM, Becky
Um Lobo Culto
82 LE-34 BLM (Inf)

GIFFORD, Clive
Enciclopédia da Geografia
91 GFF (Juv)

Etiquetas:

sexta-feira, 20 de junho de 2008
Bom Fim-de-Semana
Retrato de Fernando pessoa feito por João Luiz Roth
Bom Fim-de-Semana a todos os utilizadores da Biblioteca Municipal de Grândola.
Poema da Semana
Eros e Psique

Conta a lenda que dormia
Uma Princesa encantada
A quem só despertaria
Um Infante, que viria
De além do muro da estrada.

Ele tinha que, tentado,
Vencer o mal e o bem,
Antes que, já libertado,
Deixasse o caminho errado
Por o que à Princesa vem.

A Princesa Adormecida,
Se espera, dormindo espera,
Sonha em morte a sua vida,
E orna-lhe a fronte esquecida,
Verde, uma grinalda de hera.

Longe o Infante, esforçado,
Sem saber que intuito tem,
Rompe o caminho fadado,
Ele dela é ignorado, Ela para ele é ninguém.

Mas cada um cumpre o Destino
Ela dormindo encantada,
Ele buscando-a sem tino
Pelo processo divino
Que faz existir a estrada.

E, se bem que seja obscuro
Tudo pela estrada fora,
E falso, ele vem seguro,
E vencendo estrada e muro,
Chega onde em sono ela mora,

E, inda tonto do que houvera,
À cabeça, em maresia,
Ergue a mão, e encontra hera,
E vê que ele mesmo era
A Princesa que dormia.

Fernando Pessoa

Etiquetas:

quinta-feira, 19 de junho de 2008
Livro da Semana


O grandolense E. S. Tagino publicou o seu mais recente livro com a chancela da Saída de Emergência.
Nunca o situando directamente em Grândola, há um conjunto de referências ímplicitas numa narrativa capaz de nos fascinar do primeiro ao último instante.
A perspectiva de um mundo passado, que nos é apresentado sob um conjunto de quadros de aventuras de uma criança de 11 anos, acaba por nos oferecer uma receita para a felicidade.
E é a essa felicidade que também nós convidamos todos os utlizadores da biblioteca a participar através da leitura de O Pequeno Incendiário.
Disponível em 82 LP-3 TGN [OFFL]

Etiquetas:

quarta-feira, 18 de junho de 2008
Ilustre Desconhecido: Fernando Pessoa


NOTA BIOGRÁFICA ESCRITA POR FERNANDO PESSOA
[com a data de 30 de Março de 1935]



Nome completo: Fernando António Nogueira Pessoa


Idade e naturalidade: Nasceu em Lisboa, freqguesia dos Mártires, no prédio n.º 4 do Largo de São Carlos (hoje do Directório) em 13 de Junho de 1888.


Filiação: Filho legítimo de Joaquim de Seabra Pessoa e de D. Maria Madalena Pinheiro Nogueira. Neto paterno do general Joaquim António de Araújo Pessoa, combatente das campanhas liberais, e de D. Dionísia Seabra; neto materno do conselheiro Luís António Nogueira, jurisconsulto e que foi director-geral do Ministério do Reino e de D. Madalena Xavier Pinheiro. Ascendência geral - misto de fidalgos e de judeus.


Estado: Solteiro.


Profissão: A designação mais própria será «tradutor», a mais exacta a de «correspondente estrangeiro em casas comerciais». o ser poeta e escritor não constitui profissão mas vocação.


Morada: Rua Coelho da Rocha, 16, 1.º dt.º, Lisboa. (Endereço postal - Caixa Postal 147, Lisboa).


Funções sociais que tem desempenhado: Se por isso se entende cargos públicos, ou funções de destaque, nenhumas.


Obras que tem publicado: A obra está essencialmente dispersa, por enquanto por várias revistas e publicações ocasionais. o que, de livros eou folhetos, considera como válido, é o seguinte: «35 Sonnets» (em inglês), 1918; «English Poems I-II» e «English Poems III», (em inglês também), 1922 e o livro «Mensagem», 1934, premiado pelo Secretariado de Propaganda Nacional, na categoria «Poemas». o folheto «O Interregno», publicado em 1928 e constituindo uma defesa da Ditadura Militar em Portugal, deve ser considerado como não existente. Há que rever tudo isso e talvez que repudiar muito.


Educação: Em virtude de, falecido o seu pai em 1893, sua mãe ter casado, em 1895, em segundas núpcias, com o comandante João Miguel Rosa, cônsul de Portugal em Durban, Natal, foi ali educado. Ganhou o prémio Rainha Vitória de estilo inglês na Universidade do Cabo da Boa Esperança em 1903, no exame de admissão, aos 15 anos.


Ideologia política: Considera que o sistema monárquico seria o mais próprio para uma nação organicamente imperial como é Portugal. Considera, ao mesmo tempo, a Monarquia completamente inviável em Portugal. Por isso, a haver um plebiscito entre regimes, votaria, com pena, pela República. Conservador do estilo inglês, isto é, liberal dentro do conservadorismo, e absolutamente anti-reaccionário.


Posição religiosa: Cristão gnóstico e portanto inteiramente oposto a todas as Igrejas organizadas, e sobretudo á Igreja de Roma. Fiel, por motivos que mais diante estão implícitos, à Tradição Secreta do Cristianismo, que tem íntimas relações com a Tradição Secreta em Israel (a Santa Kabbalah) e com a essência oculta da maçonaria.


Posição iniciática: Iniciado, por comunicação directa de Mestre a Discípulo, nos três graus menores da (aparentemente extinta) Ordem Templária de Portugal.


Posição patriótica: Partidário de um nacionalismo mítico, de onde seja abolida toda a infiltração católica-romana, criando-se, se possível for, um sebastianismo novo, que a substitua espiritualmente, se é que no catolicismo português houve alguma vez espiritualidade.


Nacionalista que se guia por este lema: «Tudo pela Humanidade, nada contra a Nação».


Posição social: Anticomunista e anti-socialista. O mais deduz-se do que vai dito acima.


Resumo destas últimas considerações: Ter sempre na memória o mártir Jacques de Molay, grão-mestre dos Templários, e combater, sempre e em toda a parte, os seus três assassinos - a Ignorância, o Fanatismo e a Tirania.


Lisboa, 30 de Março de 1935.



Etiquetas:

terça-feira, 17 de junho de 2008
Exposição "A Casa dos nossos Avós"


Recordar "A Casa dos nossos Avós" é o tema da exposição que está patente ao público na Biblioteca Municipal de Grândola.
Esta exposição retrata uma casa típica Alentejana da primeira metade do século XX.








Pode ser visitada até dia 26 de Junho. Durante a semana o horário é das 14 H ás 19 H e ao Sábado das 10 H às 13H.








Visite-nos !



Etiquetas:

segunda-feira, 16 de junho de 2008
Novidades Livros




HOLLAND, Tom

Rubicão

82 LE-3 HLL


RONALD, Susan

A Rainha Pirata

929 ISA RNL


VILA-MATAS, Enrique

Exploradores do Abismo

82 LE-3 MTS


CADILHE, Gonçalo

Planisfério Pessoal

82 LP-3 CDL


FRENCH, Tana

Desaparecidos

82 LE-3 FRN


83 jogos psicológicos para a dinâmica de grupos

159.9


OOM, Ana

Rota da Índia

94(469) OOM (Inf)


HODGE, Susie
Templários: a História Secreta
94 HDG (Juv)
MCMULLAN, Kate
Academia dos Caça-Dragões
82 LE-311.3 MCM (Juv)

Etiquetas:


Na passada sexta-feira voltámos a ter uma manhã bem agitada na Biblioteca ao recebermos o Jardim de Infância nº2 de Grândola e a Sala Verde do Jardim de Infância de Grândola que se vieram "despedir" deste ano lectivo, prometendo regressar a partir de Setembro.


O Elefante que não era Elefante e a Bruxa Arreganhadentes foram as estórias eleitas para esta despedida.


No final desta semana apresentaremos aqui os números deste ano lectivo que agora está achegar ao final.

Etiquetas:

quinta-feira, 12 de junho de 2008
Livro da Semana


Um dos maiores escritores norte-americanos vivos publicou em 1999 um dos seus mais polémicos livros de uma longa e brilhante carreira.

Casei com um comunista relata-nos de forma impressionante um dos mais negros períodos da história americana do século XX: o McCarthismo.

Sempre bastante focado na essência do ser humano, esta narrativa consegue tocar-nos do primeiro ao último momento, fazendo-nos acompanhar a vida de um activista sindicalista e as suas peripécias numa sociedade que vivia aterrorizada com a ameaça comunista.
Com este livro mais uma vez se confirma o génio criativo de Philip Roth, que encabeça há já vários anos a lista de candidatos ao Nobel da Literatura.

Disponível na sua bilioteca em 82 LE-3 RTH

Etiquetas:

sexta-feira, 6 de junho de 2008
Tolerância de Ponto
Informam-se os utilizadores que, devido à tolerância de ponto concedida aos trabalhadores da Autarquia, a Biblioteca Municipal estará encerrada no dia 9 de Junho de 2008 (segunda-feira).

Etiquetas:

Bom Fim-de-Semana


Biblioteca, 1949

Maria Helena Vieira da Silva




Os funcionários da Biblioteca Municipal de Grândola desejam a todos um bom fim-de-semana e feriado !


Poema da semana
O Poema Original

Original é o poeta
que se origina a si mesmo
que numa sílaba é seta
noutra pasmo ou cataclismo
o que se atira ao poema
como se fosse ao abismo
e faz um filho às palavras
na cama do romantismo.
Original é o poeta
capaz de escrever em sismo.

Original é o poeta
de origem clara e comum
que sendo de toda a parte
não é de lugar algum.
O que gera a própria arte
na força de ser só um
por todos a quem a sorte
faz devorar em jejum.
Original é o poeta
que de todos for só um.

Original é o poeta
expulso do paraíso
por saber compreender
o que é o choro e o riso;
aquele que desce à rua
bebe copos quebra nozes
e ferra em quem tem juízo
versos brancos e ferozes.
Original é o poeta
que é gato de sete vozes.

Original é o poeta
que chegar ao despudor
de escrever todos os dias
como se fizesse amor.

Esse que despe a poesia
como se fosse mulher
e nela emprenha a alegria
de ser um homem qualquer.

José Carlos Ary dos Santos

Etiquetas:

Actividades
Eis que mais uma semana repleta de actividades chega ao fim.
Depois de na passada terça-feira termos organizado uma actividade de partilha de poesia em parceria com a Lara Soares da BE/CRE da EB1 de Grândola, onde as pessoas poderam partilhar o seu amor e gosto pela poesia, sucederam-se as já habituais sessões de animação do livro e da leitura, tendo sido contemplados o Jardim de Infância da Aldeia do Futuro, a Creche/Jardim de Infância de Grândola e a Sala Verde do Jardim de Infância de Grândola.
É por acreditarmos que a Biblioteca deve chegar cada vez mais longe e oferecer uma maior variedade de serviços à população que temos vindo a trabalhar.
Caso tenha alguma dúvida ou sugestão não hesite em deixar o seu comentário.
Este espaço também é seu!





Etiquetas:

quinta-feira, 5 de junho de 2008
Livro da Semana


Bob Dylan diria numa das suas mais conhecidas canções que "os tempos estão a mudar" e disso mesmo é reflexo o livro que hoje vos apresentamos.



Apesar de ser um livro infantil, O Livro do Pedro, aborda de forma única a vida de uma criança que foi criada por um casal homossexual e que conta essa mesma história à sua filha.


Depois da publicação de Titiritesa por parte da galega OQO, Manuela Bacelar aventurou-se num livro absolutamente fenomenal, capaz de nos conquistar do início ao fim, quer pela forma como aborda a temática, quer pelas suas ilustrações, que a convertem numa das maiores e melhores ilustradoras nacionais.


A revolução do mercado editorial infantil continua a surtir efeitos bastante positivos por cá, como se pode comprovar pelo mais recente livro de Manuela Bacelar, já disponível na sua biblioteca em 82 LP-34 BCL

Etiquetas:

quarta-feira, 4 de junho de 2008
Ilustre desconhecido: Zadie Smith


Zadie Smith nasceu em 1975, em Londres. É filha de mãe Jamaicana e pai Inglês. Estudou Literatura Inglesa na Universidade de Cambridge.

Zadie Smith, aos 33 anos, tem três romances publicados. O primeiro "Dentes Brancos" (2000) foi galardoado com três prémios. Seguiram-se "O Homem dos Autógrafos" (2002) e "Uma Questão de Beleza" (2005). Este último, o seu mais recente romance, foi finalista do prémio Man Booker e nomeado um dos dez melhores romances de 2005. Muito aclamado pela crítica, recebeu o prémio Orange de Ficção 2006.

Apesar de todo este prestígio, cada vez que lança um livro, "foge" do país por detestar a exposição mediática.

A sua escrita gira em torno dos universos familiares e da exposição do ridículo e das misérias que existem nas relações entre as pessoas.

Tem uma grande paixão pelo Rap.

É, também, uma grande fã do escritor E. M. Forster, a quem dedicou o seu último romance.

Livros da autora disponíveis na Biblioteca Municipal:

  • Dentes Brancos
  • O Homem dos Autógrafos

Cota - 82 LE-3 SMT

Etiquetas:

terça-feira, 3 de junho de 2008
Exposição "Porquinhos do Montado"




"Porquinhos do Montado" é o nome da Exposição Itinerante que reúne um conjunto de porcos em terracota, decorados por 25 artistas convidados pelo Município de Portel.


Esta Exposição vai estar patente ao público, na Biblioteca Municipal de Grândola, até ao dia 15 de junho.




Esperamos a sua visita !

Etiquetas:

Visita da sala azul do Jardim de Infância de Grândola
Já hoje a Sala Azul do Jardim de Infância veio conhecer um dos mais ilustres personagens desta biblioteca: o elefante que não era elefante, saído directamente da estória de Marta Rivera Ferner.
Apesar da estória se ter focado essencialmente no elefante, os mais pequenos foram também apresentados a mais alguns dos ilustres desconhecidos que habitam os recantos mais inóspitos da sala de animação.
Até uma próxima!

Etiquetas:

Actividades em fim de semana
O final da semana passada foi repleto de actividades de animação do livro e da leitura, como poderão constatar pelas fotografias que se seguem.


Na quinta-feira foi dia de , e no âmbito da celebração da semana da Palavra na EB 2/3, fazermos novas representações dos Senhores com base na obra de Gonçalo M. Tavares para mais duas turmas que entraram perfeitamente dentro do bairro.
Já sexta e depois de termos recebido a visita da Sala Vermelha do Jardim de Infância de Grândola que veio ajudar um Sultão com alguns problemas com ratos e queijos, fomos até à Aldeia do Futuro onde, juntamente com a Lara da BE/CRE do Agrupamento Vertical de Escolas de Grândola tivemos ahonra de participar em mais um encontro de escolas rurais onde mais uma vez a obra de Gonçalo M. Tavares foi evocada. Desta feita foi Os Amigos onde o Sr. Valéry se converteu facilmente num ídolo para as cerca de 100 crianças que assistiram.
E é sobretudo a forma como as crianças adoptam as personagens dos livros como heróis do seu dia a dia que nos faz continuar a trabalhar e dar o nosso melhor.

Etiquetas:

segunda-feira, 2 de junho de 2008
Novidades Livros


LOURES, Carlos
A Sinfonia da Morte
82 LP-3 LRS

SWAN, Susan
Casanova revisitado
82 LE-3 SWN

KLEIN, Matthew
Ziguezague
82 LE-312.4 KLN

OCEANO, Iria
A chave dos encobertos
82 LP-3 CNO

CLARKE, Richard A.
Ponto de ruptura
82 LE-3 CLR

CONSIGLIERI, Victor
As metáforas da arquitectura contemporânea
72 CNS

FOSSAS, Francesc J.
O melhor da horta: o guia dos produtos mais saudáveis
613.2 FSS

OOM, Ana
Brasil, a terra de Vera Cruz
94(469) OOM (Inf)

Enciclopédia das Pessoas Famosas
929 (Juv)

TORRADO, António
A cidade e as serras
82 LP-34 TRR (Inf)







Etiquetas: