blogspot visitor counter
Biblioteca Municipal de Grândola
Biblioteca Municipal de Grândola
Rua Dr. José Pereira Barradas 7570-281 Grândola tlf:269450080 fax:269498666 biblioteca@cm-grandola.pt
sexta-feira, 24 de agosto de 2007
Bom fim de semana

Paula Rego
Os funcionários da bilioteca desejam a todos os seus utilizadores bom fim de semana

Etiquetas:

Poema da Semana
Já não me apetece muito
Escrever poesias
Se fosse como dantes
Fá-las-ia abundantes
Mas sinto-me muito velho
Sinto-me muito sério
Sinto-me consciencioso
Sinto-me preguiçoso

Boris Vian

Etiquetas:

Livro da Semana


E que tal um livro para crianças que diz muito mais aos adultos do que às próprias crianças a que é primariamente destinado?


Isso é precisamente o que se passa com Agora não, Duarte do britânico David McKee, onde nos é transmitida uma das mais simples e perfeitas mensagens do nosso quotidiano, disposta às mais diversas interpretações.


No fundo, cada adulto tirará do livro asua própria interpretação, sempre condiconada pela sua própria consciência.


Originalmente publicado em 1980, o livro continua a ter uma actualidade impressionante, sendo hoje uma verdadeira referência na literatura infantil.


Disponível na sua biblioteca em 82 LE-3 MCK (Inf.)

Etiquetas:

Ilustre Desconhecido: Ondjaki


Depois do verdadeiro boom da literatura africana de expressão portuguesa nos anos 80, nomeadamente através da mediatização e projecção de Mia Couto (Moçambique) e José Eduardo Agualusa (Angola), eis que há um novo nome a ter em conta.


Filho da independência de Angola (nasceu em 1977), publicou o seu primeiro livro com apenas 23 anos, conseguindo uma menção honrosa no prémio de poesia António Jacinto.


Desde 2000 que já publicou oito livros, encontrando-se já traduzido em Espanha, Itália, Suíça (francês e alemão) e Uruguai.


Com uma escrita vigorosa e um poder de retrato de uma nova sociedade angolana de um pós-guerra civil verdadeiramente impressionante, Ondjaki é um nome a ter em conta.


De facto, Ondjaki tem hoje tudo para vencer nas letras lusas e para ser um nome a considerar para o Prémio Camões num futuro mais ou menos próximo.


Livros de Ondjaki disponíveis na sua biblioteca:


Momentos de Aqui

Ynari: amenina das cinco tranças

Há prendisajens do xão

O Assobiador

Bom dia Camaradas

Quantas madrugadas tem anoite

Os da minha rua

Etiquetas:

DVD da semana


O mais recente filme de Woody Allen já está disponível na sua biblioteca!


Com o humor que o caracteriza, Woody Allen apresenta-nos mais uma vez um thriller extremamente inteligente, onde conta com a sua nova "musa", Scarlett Johansson no papel principal.


Mais uma vez somos presos ao desenrolar da história com uma satisfacção quase naive, que só no final é destronada através das múltiplas associações que nos surgem e que nos continuam a martelar na cabeça horas após se ter visto o filme.


Woody Allen no seu melhor.


A não perder, portanto, disponível na sua biblioteca em 733 LLN

Etiquetas:

Novidades Livros




MONTANARI, Eva

Estranhóides

82 LE-34 (Inf.)




PERRY, Anne

Caim seu irmão

82 LE-312.4 PRR




ARON, Raymond

Memórias

82 LE-3 RON





REIS, Helena

Não sou o único : a biografia de Zé Pedro guitarrista dos Xutos & Pontapés

929 PED RIS



TRABULO, Márcia

Totó 2 vezes Totó

82 LPA-1 TRB (Inf.)





VIEIRA, Alice

Livro com cheiro a baunilha

82 LP-34 VRA (Inf.)





LETRIA, José Jorge

O homem que tinha uma árvore na cabeça

82 LP-34 LTR (Inf.)




SOARES, Luísa Ducla

A árvore das patacas ; Sementes de macarrão

82 LP-34 SRS (Inf.)




MEXIA, Pedro

Senhor fantasma

82 LP-1 MXA




CAMACHO, Francisco

Niassa

82 LP-3 CMC





KERTESZ, Imre

Kaddish para uma criança que não vai nascer

82 LE-3 KRT




ARAUJO, Jorge

Cinco balas contra a América

82 LPA-3 RJO





FERREIRA, António Mega

O deserto ocidental

82 LP-3 FRR





ONDJAKI

Os da minha rua

82 LPA-3 NDJ

Etiquetas:

Bom fim de semana
Albert Uderzo

Os Funcionários da Biblioteca Municipal desejam a todos os utilizadores um bom fim de semana!


Etiquetas:

Poema da Semana
A força do hálito é como o que tem que ser.
E o que tem que ser tem muita força.
Vai (ou vem) um sujeito, abre a boca e eis que a gente,
que no fundo é sempre a mesma,
desmonta a tenda e vai halitar-se para outro lado,
que no fundo é sempre o mesmo.

Sovacos pompeando vinagres e bafios,
não são nada --bah...--
em comparaçãocom certos hálitos que até parece que sobem do coração.

"Ai onde transpira agora
o bom sovaco de outrora!"

Virilhas colaborando com parentesis ou cedilhas
são autênticas (e sem hálito) maravirilhas.
Quando muito alguns pingos nos refegos, nas braguilhas,
amoniacal bafor que suporta sem dor
aquele que está ao rés de tal teor.
Mas o mau hálito é pior que a palavra
sobretudo se não for da tua lavra.
Da malvada, da cárie ou, meu
deus, do infinito,
o mau hálito é sempre, na narina,
como o baudelaireano, desesperado grito
da "charogne" que apodrecer não queria.

Alexandre O'Neill

Etiquetas:

quinta-feira, 23 de agosto de 2007
Livro da Semana

Porquê ler Ian McEwan?
Nasceu em Inglaterra no ano em que se deu início ao famoso bloqueio de Berlim (1948) que viria inaugurar a guerra fria e no dia em que o Marco foi adoptado como moeda oficial da República Federal da Alemanha (21 de Junho).
Publicou o seu primeiro livro em 1975, ano em que em Portugal se registaram as primeiras eleições verdadeiramente democráticas, com o qual viria a ganhar o Prémio Sommerset Maugham no ano seguinte. Este seria apenas o primeiro dos inúmeros prémios literários que viria a ganhar, no qual se inclui o prestigiadíssimo Booker Prize.
É polémico o suficiente, como o prova a recusa do governo americano de o deixar entrar nos EUA em 2004, numa altura em que tinha sido convidado pelo governo britânico para jantar com a 1ª dama norte-americana, Laura Bush.
E, sobretudo, ainda não morreu.
Portanto, a questão que se levanta será talvez a de: Porquê NÃO ler Ian McEwan?
Na Praia de Chesil , o seu mais recente livro, somos sugados para uma Inglaterra no início dos anos 60, onde os valores conservadores ainda se encontram bem presentes e inculcados na juventude, como o demonstra o tema principal do livro: a perda da virgindade.
Os dilemas de um casal recém-casado são expostos até à sua quase completa exaustão, obrigando-nos a reflectir sobre nós próprios e sobre a forma como encaramos a nossa própria sexualidade. Isto, já para não esquecer os tabus que muitas vezes nos atormentam.
Isto tudo se desenvolve com a mestria única de uma escrita tremendamente sedutora, capaz de saltar do próprio papel, capaz de fazer parte de nós e dos nossos próprios pensamentos.
Numa época em que os radicalismos religiosos se acentuam um pouco por todo o mundo, já afectando o nosso “pacífico” mundo ocidental, Ian McEwan põe o dedo na ferida demonstrando que a nossa própria época das trevas não está assim tão longínqua quanto isso.
Para ler. Para devorar. Para perturbar.
Além do mais, são só 128 páginas. E isto para muita gente é uma vantagem inegável.


Disponível na sua bilioteca em 82 LE-3 MCW

Etiquetas:

quarta-feira, 22 de agosto de 2007
Ilustre Desconhecido: JK Rowling

Não se tratando necessariamente de uma desconhecida, o seu nome aparece frequentemente ocultado pelo da sua criação: Harry Potter.

Desde 1995, ano em que saíu o primeiro volume da saga Harry Potter, que o mundo da literatura do fantástico nunca mais foi o mesmo.

Conseguindo transmitir uma mensagem distinta para jovens e adultos, Joanne Rowling conseguiu criar a mais sólida realidade paralela da segunda metade do século XX.

Este sucesso é igualmente visível pela dimensão económica que tornaram JK Rowling a segunda mulher mais rica do planeta, apenas precedida pela norte-americana Oprah Winfrey.

A verdade é que hoje não há dúvidas em clasificar aliteratura contemporânea como um antes e um pós Rowling.
Livros de JK Rowling disponíveis na sua bilioteca:
Harry Potter e a Pedra Filosofal
Harry Potter e a Câmara dos Segredos
Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban
Harry Potter e o Cálice de Fogo
Harry Potter e a Ordem de Fénix

Etiquetas:

terça-feira, 21 de agosto de 2007
DVD da semana

Se há família que marcou a história do século XX, foi sem dúvida a família Kennedy.

Depois do assassinato do seu irmão, Robert Kennedy foi assassinado no dia da sua eleição enquanto senador do estado da Califórnia.

E é esse o dia que o realizador Emilio Estevez nos propõe uma visita, retratando a dimensão humana das mais variadas pessoas que estiveram envolvidas directamente no incidente.

Desde o cozinheiro até ao dono do hotel em que foi cometido o assassinato, são-nos dadas diversas perspectivas de mais um dia que chocou a América e o mundo.
Com um elenco de luxo que inclui o próprio Emilio Estevez, Helen Hunt, Anthony Hopkins e Lindsay Lohan, Bobby só é um filme a não perder.
Disponível na sua biblioteca em 733 STV

Etiquetas:

terça-feira, 14 de agosto de 2007
Informação
Danuta Wojciechowska





Os Funcionários da Biblioteca Municipal desejam a todos os utilizadores um bom fim de semana!

Etiquetas:

Poema da Semana
dizem que a paixão o conheceu

mas hoje vive escondido nuns óculos escuros

senta-se no estremecer da noite enumera

o que lhe sobejou do adolescente rosto

turvo pela ligeira náusea da velhice



conhece a solidão de quem permanece acordado

quase sempre estendido ao lado do sono

pressente o suave esvoaçar da idade

ergue-se para o espelho

que lhe devolve um sorriso tamanho do medo



dizem que vive na transparência do sonho

à beira-mar envelheceu vagarosamente

sem que nenhuma ternura nenhuma alegria

nunhum ofício cantante

o tenha convencido a permanecer entre os vivos



Al Berto

Etiquetas:

Livro da Semana




Terapia será provavelmente o mais divertido de todos os romances do autor britânico David Lodge que mais uma vez nos presenteia com o humor extremamente refinado que o tem destacado dentro da cena literária internacional.




Os dilemas existenciais de um escritor de guiões para uma série de sucesso de televisão e a sua descoberta de Kierkgaard arrastam-no para o divórcio e para uma procura constante de um passado que ele tenta reviver.




Contudo, o crescer de uma personalidade moral impede-o de consumar uma série de encontros amorosos que se vão apresentando ao longo da narrativa.




Para quem já conhece a obra de David Lodge, é um indispensável. Para quem ainda não conhece, é um óptimo começo.




Disponível na sua biblioteca em 82 LE-3 LDG

Etiquetas:

DVD da semana


Em Por Água Abaixo somos mais uma apresentados ao fantástico mundo imaginário que os criadores de Shrek têm vindo a promover como uma realidade alternativa à nossa.
De facto, em Por Água Abaixo esse mundo chega mesmo a coexistir com o nosso quotidiano.
Com um humor extremamente apurado, capaz de abranger as mais diversas idades, ganhando diferentes significados dependendo do nosso background cultural, são-nos relatadas uma série de aventuras e desventuras num submundo dividido entre ratos e rãs.
A não perder, um filme para todas as idades, disponível na sua bilioteca em 772 BWR

Etiquetas:

segunda-feira, 13 de agosto de 2007
Novidades Livros



URRA, Javier
O pequeno ditador : quando os pais são vítimas da criança mimada ao adolescente agressivo 159.9 RRA


OLIVEIRA, Arlindo Marques de
Poesias
82 LP-1 LVR


LOPES, António da Mota
Há coisas que não lembram ao diabo
82 LP-3 MTA


KING, Stephen
A história de Lisey
82 LE-3 KNG


NOGUEIRA, Paulo
Estamos todos tão sozinhos
82 LP-3 NGR


MAGALHAES, Miguel de Cours
Ormuz : a saga heróica de Freyre de Andrade na Arábia, Pérsia e Índia
82 LP-3 MGL


MURAKAMI, Haruki
Underground
82 LE-3 MRK


BRAGA, Jorge de Sousa
O poeta nu
82 LP-1 BRG


LAXNESS, Halldór
Gente independente
82 LE-3 LXN


VILA-MATAS, Enrique
Doutor Pasavento
82 LE-3 MTS

Etiquetas:

sexta-feira, 10 de agosto de 2007
Bom fim de semana
Miguel Tanco


Os Funcionários da Biblioteca Municipal desejam a todos os utilizadores um bom fim de semana!

Etiquetas:

Poema da Semana
i ( abe ) mó
v
e ( lha ) l
você ( n
a ) está ( ú
nica )
dorm ( rosa ) indo

E. E. Cummings

Etiquetas:

quinta-feira, 9 de agosto de 2007

Faleceu hoje o poeta cabo-verdiano João Vário, um dos mais representativos da poesia em língua portugesa, que assim está um bastante mais pobre.




E então subimos aquele grande rio
e as portas do Ródão, chamadas. Era em abril
dois dias depois da neve
e da cidade dos nevões, na serra.
E olhamos para os penhascos da beira-rio,
as oliveiras, o xisto, a cevada
as ervas de termo, e as colinas.
E, junto da via férrea, os homens do pais
miravam-nos como se fossemos nós
e não eles os mortos desta terra,
homens do medo e do tempo da discórdia
que trazem para o cimo das estradas
a malícia que vai apodrecendo
seus pés neste mundo e em terras de outrém.
Que fazeis do mundo e da sua chama imponderável,
os homens,perdidos que estais, hoje como ontem,
entre a casa e o limiar?
E evocamos, mais uma vez, esse provérbio sessouto.
E, na verdade, porque regressaremos,
após tantos anos, a este tema?
Será que a morte nos ensinou
a olhar para o homem com pavoroso êxtase?

Etiquetas:

Livro da Semana

O melhor escritor humorístico britânico do século XX "regressou" a Portugal pela mão da Cotovia.

Época de Acasalamento, de P.G. Wodehouse, apresenta-nos um intricado e divertido conjunto de situações sociais que nos remetem para uma verdadeira desconstrução e subversão da sociedade britânica do pós-guerra.

Wooster e o seu mordomo Jeeves são os protagonistas de uma série de desventuras sempre temperadas com o fino e sarcástico humor britânico.
Mas o grande destaque da sua narrativa incide mesmo sobre o mordomo, que se chega a assumir como um "cavalheiro ao serviço de cavalheiros", citando com frequência excertos de peças de Shakespeare.
A não perder, óptimo para época estival que atravessamos!
Disponível na sua biblioteca em 82 LE-3 WDH

Etiquetas:

quarta-feira, 8 de agosto de 2007
Ilustre Desconhecido: JRR Tolkien


Falar de John Ronald Reuel Tolkien é praticamente sinónimo de falar da sua obra maior, O Senhor dos Anéis, que conheceu recentemente maior projecção graças à adaptação cinematográfica de Peter Jackson.

Efectivamente, foi durante a sua experiência enquanto soldado na I Guerra Mundial, que começou a maturar a sua concepção de "mundo secundário" ou Arda, que serve de palco para a maior parte das suas obras.

Juntamente com C.S. Lewis, autor das Crónicas Nárnia, fundou o grupo literário Inklings, onde pôde expôr algumas das ideias que revolucionariam por completo o panorama literário do século XX.

De certa forma pode-se dizer que desde a publicação de Silmarillion em 1919, a literatura nunca mais foi a mesma. E essa é agrade dívida que o mundo tem para com Tolkien, que viria a falecer em 1973.
Livros de Tolkien disponíveis na sua bilioteca:
O Senhor dos Anéis
Hobit
Silmarillion
Contos Inacabados de Númenor e da Terra Média
As Aventuras de Tom Bombadil e outras histórias

Etiquetas:

terça-feira, 7 de agosto de 2007
Paula Lee
A escritora brasileira Paula Lee fez referência ao blogue da biblioteca no site de promoção do seu mais recente livro, que se encontra disponível na sua biblioteca.
Ler aqui.

Etiquetas:

DVD da semana
Paris Je T'aime é mais do que um filme.
Na verdade é um conjunto de 18 pequenas curtas metragens não só sobre Paris, como nos é sugerido de imediato pelo título, mas sobretudo sobre o amor e as formas como este se pode expressar numa das mais cosmopolitas cidades europeias.
Com histórias de amor para todos os gostos, Paris Je T'aime reúne alguns dos mais sonantes nomes do cinema internacional como os irmãos Coen, Gérard Dépardieu, Gus Van Sant ou o japonês Nobuhiro Suwa.

A dinâmica deste projecto veio dar uma nova vida a uma cidade que parece ter ficado perdida algures na história recente do cinema.

Disponível na sua biblioteca em 733 SSY

Etiquetas:

segunda-feira, 6 de agosto de 2007
Novidades Livros



ARCHER, Jeffrey
O evangelho segundo Judas
22 RCH


SALAS, Antonio
Diário de um skin : uma toupeira no movimento neonazi espanhol
82 LE-3 SLS


ALLEN, Woody
Pura anarquia
82 LE-3 LLN

AL BERTO
Degredo no sul
82 LP-1 BRT


WODEHOUSE, P. G.
Época de acasalamento
82 LE-3 WDH


UPDIKE, John
Corre, Coelho
82 LE-3 PDK
LEE, Paula
Alugo o meu corpo
82 LPBR-3 LEE


AMIS, Martin
A casa dos encontros
82 LE-3 MIS


MACEWAN, Ian
Na praia de Chesil
82 LE-3 MCW


FRIAS FILHO, Otavio
Queda livre : ensaios de risco
82 LPBR-4 FRS


POMBEIRO, João
Pela boca morre o peixe
82 LP-3 PMB

Etiquetas:

sexta-feira, 3 de agosto de 2007
Bom fim de semana

The Garden - Miró
Os Funcionários da Biblioteca Municipal desejam a todos os utilizadores um bom fim de semana!
Poema da Semana
Tempo de Poesia


Todo o tempo é de Poesia.

Desde a névoa da manhã
à névoa do outro dia.

Desde a quentura do ventre
à frigidez da agonia.

Todo o tempo é de Poesia.

Entre bombas que deflagram.
Corolas que se desdobram.
Corpos que em sangue soçobram.
Vidas que a amar se consagram.

Sob a cúpula sombria
das mãos que pedem vingança.
Sob o arco da aliança
da celeste alegoria.

Todo o tempo é de Poesia.

Desde a arrumação do caos
à confusão da harmonia.

António Gedeão
quarta-feira, 1 de agosto de 2007
Livro da Semana



União Soviética: amor ou ódio?




Esta é a grande questão que o mais recente livro de Martin Amis, Casa dos Encontros, nos levanta.




A essência da alma russa encontra-se descrita quase na perfeição através do relato na primeira pessoa de um antigo militar russo (ex-combatente da II Guerra Mundial) posteriormente acusado de reaccionário ainda durante o "reinado" de Estaline.





Pegando em momentos chave da história recente da União Soviética como a morte de Estaline ( e o sinal da cruz que a sua viúva fez ao se despedir dele), a criação dos gulags e o massacre da Ossétia do Norte, somos conduzidos numa verdadeira viagem no tempo sob a mestria verdadeiramente única de Martin Amis.





Disponível em 82 LE-3 MIS

Etiquetas:

Ilustre Desconhecido: Stephen King



Se houve escritor de quem se poderá dizer que revolucionou o panorama literário contemporâneo, Stephen King é, sem dúvida, um desses nomes, ou talvez mesmo o nome.



A verdade é que desde 1977, ano da publicação de Fúria, que o gótico americano sofreu uma verdadeira revolução que se expandiu rapidamente por todo o mundo, também graças à projecção dos seus filmes.



Este seu gosto pelo gótico manifestou-se desde pequeno, sendo que muitos foram os professores que o tentaram forçar a deixar este tipo deescrita. Por outro lado, o seu irmão ajudou-o na cópia dos seus textos que eram posteriormente vendidos ao seu grupo de amigos.



Mais tarde, já na universidade, os textos que escrevia ajudaram a financiar o curso de Inglês que viria a concluir em 1970.



Depois de mais de uma década de vícios (álcool e drogas), Stephen King foi submetido a um rigoroso processo de reabilitação que viria a mudar radicalmente a sua vida, sendo que o seu nível de produção literária aumentou, assim como a qualidade, convertendo-o no maior nome da literatura gótica de sempre aos 60 anos.



Livros de Stephen King disponíveis na biblioteca:

A luz
Carrie
O Talismã
A Metade Sombria
Os olhos do dragão
Saco de Ossos
A Rapariga que adorava Tom Gordon
À espera de um milagre
O caçador de sonhos

Etiquetas: